Terça, 10 12, 2019

Criopreservação de Sêmen

 Processo de armazenamento dos espermatozóides a uma temperatura de -196oC. Isto se consegue mergulhando as amostras no nitrogênio líquido, sendo utilizado um crioprotetor para preservar a integridade dos gametas masculinos em meio a baixas temperaturas. Esta técnica é utilizada em casos de pacientes que vão se submeter a vasectomia e pretendem antes, preservar seus espermatozóides para futura utilização. Pacientes que vão se submeter a tratamentos como quimioterapia e radioterapia vêem nesse procedimento uma forma de perpetuar sua fertilidade. Os espermatozóides podem permanecer criopreservados por um período indefinido de tempo. A criopreservação de sêmen tem também sua utilização justificada na doação de sêmen realizada pelos bancos de sêmen para casais em que o homem não possue espermatozóides.